Fale Conosco
facebook

Unidade RECIFE

Rua Ernesto de Paula Santos, 607 | Boa Viagem - Recife / PE

Conheça a Unidade Maceió - AL

Aluno CONECTADO

Acesso à área restrita

ícone título Fique por dentro

Cavalo dado não se olha os dentes


Fonte: Terra

Você já ganhou um presente e não gostou? Pois saiba que "cavalo dado não se olha os dentes". Não é de bom tom desdenhar ou colocar defeitos em algo que recebemos de presente. Assim, a boa educação manda agradecer e mostrar satisfação, mesmo que o objeto seja insignificante ou inadequado.

Segundo Ari Riboldi, o ditado tem origem nos negócios de venda de cavalos. O dono sempre tenta fazer o animal passar por mais novo, o que representa um preço maior. Ocorre que os dentes do cavalo não nascem ao mesmo tempo. Só no quarto ou quinto ano de vida ele completa a arcada dentária. Para quem conhece equinos, não há como esconder a verdade. No entanto, se o cavalo for dado de graça, é melhor não olhar para os dentes, o que seria deselegante da parte de quem recebeu, e com certeza, constrangedor para quem doou - principalmente se o fez para se livrar de um animal velho e de pouca serventia.

"Pensando bem, um presente, por mais desagradável que seja, mesmo assim poderá vir a ter utilidade. Principalmente na hora de ir a um aniversário, quando se esquece de comprar uma lembrancinha. Pode-se passar adiante o presente e fazer uma economia. Com o cuidado, é claro, de que o aniversariante não seja a pessoa que nos brindou com a referida inutilidade", brinca o professor Riboldi.


< Voltar