Curta e acompanhe nossa página no Facebook  
facebook
instagram
Fale Conosco

Colégio Anchieta - Recife Colégio Anchieta

  • Rua Ernesto de Paula Santos, 607
    Boa Viagem - Recife / PE
  • 81 3466-3830 / 3326-3714

Aluno CONECTADO

Acesso à área restrita

ícone título Fique por dentro

De onde vêm os termos magnífico, excelentíssimo e meritíssimo?


Fonte: Super Interessante

Do latim. Magnífico, que se refere aos reitores de universidades, vem de magnum — imponente, grandioso. Os juízes são tratados como meritíssimo, originário da palavra meritus, merecedor. Subentende-se que seja merecedor de confiança. Já excelentíssimo é um termo mais abrangente. Pode ser empregado para senadores, deputados e até para o presidente. A origem é o termo excellentem, traduzido como "aquele que eleva-se acima de". Seria uma forma de distinguir alguns indivíduos no meio da multidão. O que não é possível precisar é a partir de quando essas palavras viraram uma forma de tratamento. É certo que foi em Portugal, mas não se sabe em que século. "Não existe dicionário histórico-etimológico da Língua Portuguesa", explica Valter Kehdi, da Universidade de São Paulo. "Por isso, é difícil resgatar o nascimento das palavras."


< Voltar